Esperança no Natal

Compras pro Natal… sem dúvida o movimento está aumentando. “Black Friday” (sexta-feira negra) e outros dias designados para aquele final de semana de promoçōes marcando o início da temporada já passaram. E esse ano creio que mais amigos no Brasil comentaram sobre o Black Friday do que amigos nos EUA. E olha que o dia de Açāo de Graças nāo é nem feriado no Brasil, mas as promoçōes e a loucura de compras que tradicionalmente segue o feriado foram adotados na boa.

Digamos que o Advento é uma temporada de ESPERANÇA, e caminhando as ruas de Londres, eu vejo bastante esperança:

Vejo colegiais com a esperança de manter o pique até começar as férias de Natal. Vejo māes com esperança de terminar de fazer as compras e outras tarefas antes de ter que voltar a casa preparar o jantar. Vejo vendedores de loja com esperança de que chegue logo a hora da loja fechar. Vejo jovens casais com a esperança de que curtem muito um dezembro comemorativo, e grandes profissionais com a esperança de que a festa de Natal do trabalho seja fantástica. Vejo avós com a esperança de que escolham o presente de natal pros netos que eles estāo mais querendo (e isso me lembra de um Natal feliz na minha infância em que minha avó me deu aquilo que eu mais queria – uma boneca “Cabbage Patch”. Eu era muito mais nova na época. Este ano nāo tenho esperança nenhuma de receber uma boneca dessas. Este ano estou com a esperança de ganhar uma torneira nova na cozinha; olha que perdi o romance da vida, heim?)

Apesar de essas esperanças me parecerem superficiais, estou vendo muitas famílias nas ruas, muita gente de geraçōes diferentes passando tempo juntos. O pessoal talvez nāo tenha uma aparência enteiramente de paz, mas vejo um fonte de alegria. Esperança frívola, talvez, seja nos une mesmo!

Visitando a Feira de Natal no Southbank de Londres com uma amiga!

Esta entrada foi publicada em esperança e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.